Al Pacino – “A depressão é aterradora”

Al Pacino – “A depressão é aterradora”

 

Al Pacino afirmou à Imprensa internacional que também ele já teve os seus momentos de combate contra a depressão, mas não chegou ao ponto de Robin Williams, que se suicidou por causa da doença.

“Posso estar deprimido, mas não sei. As pessoas entram em depressão e é muito, muito triste. Pode durar e é aterrador. Eu sei disso, já tive ataques com coisas que se aproximam disso, mas não com essa intensidade. Sinto-me poupado, sinto-me sortudo”, afirmou aos jornais, durante o Festival de Cinema de Veneza, em que foi uma das estrelas principais e mais procuradas pelos fotógrafos.

Sobre uma das suas maiores personagens de sempre, afirmou: “no Padrinho II, imagino que o Michael Corleone estivesse deprimido“.

Em The Humbling, filme apresentado naquele festival, interpreta o papel de um ator que envelhece e se apaixona por uma rapariga jovem. “A personagem está a ficar mais velha e os seus sentimentos em relação ao trabalho tornam-se menos fortes, por isso ele tenta compensar e fica um pouco confuso. Cai numa espécie de depressão“.

As personagens dele deprimem-se, mas ele vai conseguindo escapar a esse problema.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *